quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Cortisol

O cortisol é um hormônio muito importante para a saúde, principamente para quem malha. Quando a quantidade de cortisol no sangue está alta pode haver:
  • Diminuição a testosterona e do hormônio do crescimento,
  • Diminuição dos músculos,
  • Aumento da absorção de gordura,
  • Mais fácil de ficar doente,
  • Osteoporose,
  • Dificuldade de aprendizagem,
  • Perda da memória.
O cortisol é um hormônio que está intimamente ligado ao sistema emocional, algumas maneiras de regularizá-lo é tendo uma boa alimentação e fazendo atividade física.

O que é:

O cortisol é um hormônio intimamente ligado ao sistema emocional, que serve para controlar inflamações, alergias, os níveis de estresse, diminuir a imunidade, manter a estabilidade emocional, estimular o açúcar do sangue e criar proteínas.
Quando o cortisol está alto ou baixo no sangue, pode haver problemas como aumento do peso ou depressão. O diagnóstico do cortisol alto ou baixo é feito com base no exame do cortisol urinário e do cortisol plasmático.
Os níveis de cortisol variam durante o dia porque ele está ligado de certa forma à serotonina, que é responsável pela sensação de prazer e de bem estar. Alimentar-se corretamente e fazer exercícios constituem o melhor tratamento para manter os níveis de cortisol dentro da normalidade.

Cortisol Alto

O cortisol alto deve ter um tratamento rápido, pois ele gera consequências desagradáveis especialmente para quem quer ganhar mais músculos. Diversas causas podem gerar o aumento do cortisol no sangue, mas a mais comum é o estresse, e neste caso as consequências serão:
  • perda de massa muscular
  • aumento do peso
  • aumento das chances de osteoporose
  • dificuldade na aprendizagem
  • baixo crescimento
  • diminuição da testosterona
  • lapsos de memória

Cortisol Baixo

O cortisol baixo corre devido a baixa produção de serotonina, que é o hormônio ligado ao prazer e ao bem estar. Ele pode causar:
  • depressão
  • fadiga
  • cansaço
  • fraqueza
  • desejo repentino de comer doces

Exame do Cortisol

O exame do cortisol é indicado para uma avaliação do nível de estresse do indivíduo, ou para avaliar possíveis inflamações ou alergias. Os valores de referencia para o cortisol plasmático são:
  1. Manhã: 5 e 25 mcg/dl;
  2. Tarde: queda maior que 35% do valor obtido pela manhã;
  3. Noite: queda maior que 50% do valor obtido pela manhã.
Se o médico desejar, ele pode pedir um exame de urina para avaliar o cortisol urinário, segundo a produção do hormônio entre o período da manhã e da tarde, por exemplo.

Tratamento para o Cortisol Alto

O tratamento para o cortisol alto é feito com a toma de medicamentos, mas o consumo do Inhame constitui um ótimo remédio caseiro. Outras formas de controlar naturalmente os níveis de cortisol no sangue é fazendo exercícios, aumentando o consumo de vitamina C e diminuindo o consumo de cafeína. Estresse causa infertilidade publicidade.
Um estudo publicado no Jornal The New York Times revela que o nível de estresse pode causar infertilidade, tanto no homem, quanto na mulher. Cerca de 30% dos indivíduos que estão realizando tratamentos para engravidar não conseguem, devido ao estresse da vida diária e de seus estilos de vida pouco saudáveis.
Para esta afirmação, foram testados os níveis de cortisol nos casais e observou-se que grande parte tinha os níveis de cortisol alto, que é o hormônio ligado ao estresse. Outra situação apontada no estudo foi de que quanto mais estressada está a mulher, menor serão as chances dela ovular, dificultando ainda mais o tratamento para engravidar.
Os cientistas recomendam a prática de meditação e de Yoga, além da prática de exercícios físicos 3 vezes por semana, para diminuir os níveis de estresse e assim aumentar as chances de engravidar.

Referências Bibliográficas

  1. MARTINS MV; PETERSON BD; ALMEIDA VM; COSTA ME. Direct and indirect effects of perceived social support on women’s infertility-related stress. Acesso em Out. 2011.
  2. PODOLSKA MZ; BIDZAN M. Infertility as a psychological problem. Acesso em Out. 2011.
 

postado: luciano sousa
email:lucianofisiol@gmail.com
facebook:lucianosousa lucianosousa
Postar um comentário